Carros Usados DS: Preços em segunda mão e Combustível

O DS é uma marca relativamente recente na indústria automobilística. Atualmente, existem duas marcas de DS: uma é a marca premium do Groupe PSA e a outra é o histórico Citroen DS. Embora os dois não sejam iguais, eles estão ligados.

 

Então, como é que a Citroen DS se tornou DS?

 

A Citroen DS esteve ativa entre os anos de 1955 e 1975. O DS 19 foi lançado em outubro de 1955 após 18 anos de desenvolvimento secreto – um sucessor do Citroen Traction Avant.

 

Nos primeiros minutos do seu lançamento, foram feitas mais de 700 encomendas do veículo. O carro era um modelo executivo com um motor e tração dianteira, que mais tarde foi apresentado em modelos sedan, carrinha e cabrio.

 

O DS como o conhecemos hoje é uma marca premium do Groupe PSA – grupo que inclui a Peugeot a Citroen e também a Opel e a Vauxhall.

 

A ideia do DS surgiu após a decisão do Groupo PSA de lançar uma marca premium. Embora tenham tentado diferenciar as marcas pelo seu preço, não ganharam força suficiente para serem aclamados de Premium.

 

Depois de verem o sucesso da Lexus e da Infiniti – marcas premium cuja empresa-mãe era uma marca acessível no mercado -, criaram a DS.

 

O primeiro carro DS foi o Citroen DS3 e foi lançado no início de 2010. Baseado no carro-conceito Citroen DS Inside, o veículo foi dá-lhe a oportunidade de ser personalizado a seu gosto.

 

No mesmo ano, foi lançado o DS4, um carro baseado no Citroen Hypnos, lançado em 2008. É um carro compacto, mas maior que o DS3 e apresenta suspensão elevada, semelhante a um SUV compacto, mas com a silhueta típica de um coupé. Na altura do lançamento, todos os motores a gasolina do DS4 surgiram de uma colaboração entre o Groupe PSA e a BMW. Inicialmente, ofereciam dois motores a diesel, um dos quais também é encontrado no sedan Citroen C5.

 

Tal como o DS3, o DS4 recebeu muitos elogios. Foi eleito o Carro Mais Bonito do Ano no Festival Internacional do Automóvel e venceu o BMW F10 5 Series e o Honda CR-Z híbrido. Recebeu também o 1º Prémio de Design no concurso Design Award da revista alemã Auto Bild.

 

O Citroen DS5 foi lançado no ano seguinte, em novembro de 2011 e foi relançado como DS5 em 2015 depois da Citroen ter reformulado os modelos DS.

 

Foi revelado no Salão do Automóvel de Xangai, em 2011, e foi o primeiro carro da marca Citroen a ser montado em Sochaux, onde fica a sede da principal fábrica europeia da Peugeot.

 

O modelo é uma mistura de um hatchback com uma carrinha em termos de estilo, e é baseado na mesma plataforma do 3008.

 

Há um motor Hybrid4 diesel-elétrico, bem como um turbo a gasolina e dois motores diesel. O DS5 é o primeiro Citroen com transmissão híbrida e o primeiro carro de produção com transmissão híbrida diesel-elétrica.

 

O DS6 foi anunciado e lançado em 2014. Trata-se de um SUV compacto e foi projetado especificamente para o mercado asiático. Fabricado na China, foi o segundo veículo a ser lançado exclusivamente com a marca DS e sem o logotipo Citroen.

 

O DS7 Crossback é o SUV da DS. Foi apresentado pela primeira vez em fevereiro de 2017 no Salão Automóvel de Genebra.

 

A DS está cada vez mais forte e não mostra sinais de desaceleração. Agora como uma marca própria, a DS procura expandir o seu mercado e concentrar-se mais em recursos premium, como novas tecnologias e interiores sofisticados.

Gama DS de segunda mão

DS é a divisão de luxo do Grupo PSA, que também incorpora a Peugeot e a Citroen. Embora os seus modelos mais antigos usassem emblemas Citroen, os carros mais recentes foram desenvolvidos separadamente. O nome é derivado do famoso sedan Citroen DS dos anos 1960 e os carros DS de hoje enfatizam o estilo e o design, com interiores luxuosos e toques de alta tecnologia.

 

Se quer um carro premium mas não pode esticar muito o seu orçamento, a gama DS em segunda mão é uma excelente opção para si.

 

DS 3 Crossback

O DS 3 Crossback é o rival do T-Roc, do fabricante francês de luxo Volkswagen, do MINI Countryman e ainda do Audi Q2. É bastante único e versátil graças ao facto de poder ser personalizado com motores convencionais a gasolina e diesel ou totalmente elétricos.

 

Tem também um design peculiar por dentro e por fora e é perfeito para qualquer ocasião. Está também disponºivel numa versão 100% elétrica com o DS Crossback E-Tense.

DS 7 Crossback

O DS 7 Crossback é o primeiro modelo completo numa onda de carros novos do fabricante francês premium que agora foi separado da Citroen. Com o Audi Q3 e o BMW X1 em mente, este veículo oferece luxo e tecnologia num pacote cheio de estilo. Os motores a diesel e a gasolina são reforçados por um modelo híbrido plug-in E-Tense com um alcance totalmente elétrico de mais de 48 quilómetros.

Qual o preço do DS?

O preço de um carro DS usado – seja DS 3, DS 4, DS 5 ou qualquer um dos DS Crossback -, dependerá de múltiplos fatores como: o ano de lançamento do automóvel, o número de quilómetros do motor, o estado de conservação, entre outros.

 

Informe-se junto de um concessionário de confiança como a Carplus e obtenha todas as informações que precisa e que garantem que faz o melhor negócio possível.

Combustível do DS

Os carros DS podem ser encontrados com motorizações a gasolina e diesel e ainda híbridos e totalmente elétricos.

 

Se não sabe qual a melhor opção para si, informe-se junto de um profissional Carplus. Saberão orientá-lo para a melhor opção.

 

;

Otras Noticias

Ford Puma Usado: Interior, Preço, Motor Hybrid e Opiniões

Ford EcoSport Usados: Titanium, Vignale, 4×4 e Preço

Citroën Ami Usado: Motor elétrico, Interior e Preço em Portugal