Os automóveis Triumph são datados, embora continuem a atrair os amantes de veículos clássicos. Verdade seja dita, a Triumph Motor Company apenas distribuiu automóveis entre 1923 e 1984, estando agora focada em exclusivo no fabrico de bicicletas e motociclos. 

Os veículos Triumph antigos são caracterizados por serem roadsters de dois lugares com sede pela competição, embora consigam responder às necessidades dos condutores comuns. Tudo passou de um sonho dos seus principais designers Harry Webster e Giovanni Michelotti que tentaram criar veículos equilibrados, desenvolvidos e chamativos por onde quer que passem.

Gama Triumph de segunda mão

A gama Triumph em segunda mão é dominada nos dias correntes pelo Triumph Spitfire, provavelmente o Triumph mais desejado pelos consumidores contemporâneos, assim como pelo Triumph Acclaim, o último veículo comercializado pela Triumph. 

Na verdade, qualquer Triumph tem linhas fluídas e é bastante divertido de conduzir, sobretudo a céu aberto, onde poderá usufruir da maior iluminação possível. Com capot cintilante, o Triumph surge com uma motorização eficaz, que consegue acompanhar as exigências do tráfego nas grandes cidades. 

Em termos de recursos tecnológicos, o Triumph é ainda analógico, embora seja exatamente aí que encontramos a sua imagem de marca, confirmando que é possível conduzir de maneira equilibrada e segura um automóvel classicista, que estagnou completamente a sua oferta no setor automobilístico. 

Triumph Spitfire usado

O Triumph Spitfire é um automóvel construído com base na plataforma Herald, bastante curta que permite dimensões mais ou menos compactas: são 3,68 metros de comprimento, 1,44 metros de largura e 1,21 metros de altura. O Triumph Spitfire foi produzido em cinco versões diferentes (MkI MkII, MkIII, MkIV e 1500), com pesos entre os 750 quilos e os 850 quilos, e comercializadas entre 1968 até meados dos anos 80. Caso esteja preocupado com a potência, Triumph Spitfire lançado em 1976 dispõe de 72 cv, uma resposta equiparada a algumas marcas dos dias de hoje. Esteticamente, o Triumph Spitfire também evoluiu, com melhorias na ergonomia dos bancos e na posição do volante.

Triumph Acclaim usado

O Triumph Acclaim, apesar de pretender ser aclamado, foi mesmo o último modelo apresentado pela Triumph, e que só esteve em comercialização entre os anos de 1981 e 1984. Do ponto de vista mecânico, o Acclaim movia-se por um motor de 1.335 cc, proveniente diretamente do Honda Civic e com 1,4 litros de capacidade, apto para debitar a potência de 70 cavalos. O espaço é limitado, mesmo assim há um excelente espaço para as pernas. Com um visual mais leve e arejado quando comparado aos carros novos, o Acclaim tem cintos de segurança devidamente integrados, sistema de travagem assistida e uma caixa de mudança de 5 velocidades. Não há razão para que o Triumph Acclaim não seja um automóvel divertido e de confiança que pode utilizar na sua rotina diária.

Triumph TR2 usado 

Na tentativa de igualar o sucesso dos MG, Sir John Black ambicionava um automóvel com visual simples, desempenho rápido, com o preço mais competitivo. Foi assim que nasceu o Triumph TR2, produzido entre 1953 e 1955. Com motorização capaz de debitar os 90 cavalos às 4 800 rpm, e com velocidade máxima de 160 km/h, o TR2 é uma aposta um pouco exuberante embora compacta, com comprimento limitado a apenas 3,835 mm, largura de 1,397 mm e altura bastante reduzida que se fica pelos 1,270 mm.

Triumph TR3 usado 

Fortemente desejada pelos colecionadores, o Triumph TR3 esteve em comercialização entre 1955 e 1962 e tornou-se um êxito imediato no Reino Unido e também na África do Sul. Com estilo inglês típico de um roadster, o TR3 conseguiu atingir os 177 km/h para uma potência fora do comum para a época: são debitados os 100 cavalos. Na verdade, este Triumph é uma evolução do modelo anterior Triumph TR2 da empresa, com melhorias no comportamento potência e no sistema de travagem.  No total, foram produzidas quase 14 mil unidades, com um forte número de vendas. 

Triumph TR4 usado 

Com a chegada dos anos 60, a Triumph alargava a sua oferta para o Triumph TR4, com motor de 4 cilindros em linha de e 2138 cc de cilindrada, aumentando nas suas prestações para os 180 km/h de velocidade e na aceleração (dos 0 aos 97 km/h) de 10,7 segundos. Um dos elementos estéticos mais importantes neste modelo é a capota rígida que permite desfrutar do sol e do céu aberto de uma forma completamente única. Apesar de manter as dimensões típicas para a época, com 3,96 metros de comprimento, 1,46 metros de largura e 1,27 metros de altura, o Triumph TR4 tinha uma bagageira com as melhores respostas para transportar as suas cargas.

Triumph TR6 usado 

O Triumph TR6 oferece um motor entre os 106 e os 150 cavalos, com injeção mecânica do tipo Lucas, 190 km/h de velocidade máxima e uma aceleração de aproximadamente 8 segundos, dos 0 aos 100 km/h. Na verdade, a fábrica de Coventry renovava pela primeira vez com a apresentação de um motor 2,5 litros de 6 cilindros, pouco vulgar aos roadsters clássicos. Pode não ser o carro desportivo mais rápido da sua época, mas o Triumph TR6 consegue ser eficaz em cada curva e nas situações mais complexas. Encontra-se no mercado de usados em excelentes condições.

Triumph TR7 usado   

O Triumph TR7 foi comercializado entre 1975 e 1981 em aproximadamente 112 000 exemplares do estilo coupé e 28 800 exemplares do tipo spider, sendo mais fácil encontrá-lo no mercado de usados que, por exemplo, o Triumph TR3. Com 4,06 metros de comprimento, 1,68 metros de largura e 1,26 metros de altura, o Triumph TR7 tem distância entre eixos de 2,16 metros e o seu peso varia, consoante a versão, de 1 001 a 1 060 quilos. Recorria a um motor de 4 cilindros em linha com 1998 cc de cilindrada, capaz de debitar uma potência de 105 cavalos. Mesmo não recorrendo às inovações tecnológicas respeitantes ao seu período, o Triumph TR7 consegue ser bastante apelativo ao olhar e ganha enorme destaque na estrada. 

Qual o preço do Triumph?

O preço do Triumph não é sempre idêntico a todos os modelos e varia de acordo com o ano de lançamento, o modelo, a versão de motores utilizados nos Triumph, o tipo de combustível e também de acordo com a quilometragem. 

Tenha cuidado, pois os Triumph estiveram em comercialização por mais de 40 anos e, embora não apresentem versões atuais, são considerados automóveis clássicos que devem ser acessíveis sobretudo aos colecionadores. Se preferir um automóvel usado em excelentes condições,  respostas mais dinâmicas e a melhor tecnologia de ponta no habitáculo, observe atentamente a restante oferta da Carplus.

Combustível do Triumph

Se prestar atenção ao Triumph Spitfire com 1147 cc de cilindrada, 4 cilindros e 67 cavalos de potência, atingidos às 5000 rpm, os consumos de combustível não ultrapassam os 7,4 litros a cada cem quilómetros. Quanto ao Triumph TR2, o consumo de combustível é bastante superior e posiciona-se nos 8,2 litros gastos por cada 100 km.

Se tiver dúvidas sobre o consumo de combustível do Triumph ou sobre outras características específicas deste clássico automóvel britânico peça mais informações aos profissionais da Carplus.

;

Otras Noticias

Ford Puma Usado: Interior, Preço, Motor Hybrid e Opiniões

Ford EcoSport Usados: Titanium, Vignale, 4×4 e Preço

Citroën Ami Usado: Motor elétrico, Interior e Preço em Portugal